Moema Av. Santo Amaro, 1927 Tel. 3849-1766 | 3849-2116
Pinheiros Av. Brig. Faria Lima, 784 Tel. 3031-4158 | 3034-5209
Pompéia Av. Pompéia, 698 Tel. 3868-2264 | 3803-9247

Serviços

Se o seu veículo é importado e não tem sistema de ar condicionado e além de tudo ainda mora em uma grande cidade com muito trânsito e poluição, está na hora de fazer a instalação do sistema de ar condicionado no seu veículo. Atualmente o sistema de ar condicionado passou de ser um luxo e tornou-se item de última necessidade para as pessoas que ficam muito tempo no trânsito e podem sofrer com o calor e ainda também a poluição que entra quando a janela do automóvel está aberta.

O sistema de ar condicionado automotivo tem algumas funções principais e muito importantes: a mais importante e conhecida é gelar ou esquentar o interior do veículo ao gosto do condutor; tem como função também evitar com que a poluição entre no habitáculo do veículo, pois quando está ligado tem o filtro de cabine que possui a função de filtrar as impurezas do ambiente externo para que o ar entre no habitáculo bem limpo. Nesse caso, evitando que a poluição entre ajuda a manter a saúde dos ocupantes e evita as doenças respiratórias.

Outra grande vantagem que o sistema de ar condicionado apresenta é a segurança, pois ainda mais quando ficamos presos em um trânsito e o automóvel quase não anda, é muito fácil sermos assaltados. Porém, com as janelas do veículo fechadas isso é facilmente evitado. Ou seja, tem também como finalidade a segurança dos passageiros que podem enfrentar um congestionamento tranquilo e também confortável. Aqui na Prochaskar você encontra os melhores técnicos de ar disponíveis e altamente treinados para realizar o melhor serviço no seu veículo. Encontra também a melhor estrutura, os melhores equipamentos e a equipe sempre pronta para te receber.

Por isso não perca tempo você que ainda não tem o sistema de ar condicionado no seu automóvel. Leve hoje mesmo até a Prochaskar, a melhor oficina automotivo da cidade de São Paulo para fazer a instalação completa no seu veículo. A Prochaskar trabalha com peças novas, originais de fábrica e com garantia para que você tenha a tranquilidade e o melhor pós venda possível na cidade de São Paulo. Nós realizamos a melhor instalação possível e nos preocupamos muito com o pós venda para que depois de instalado você tenha o sistema de ar condicionado funcionando perfeitamente.

Dessa maneira mesmo que o seu veículo nacional ou importado ainda não tenha o sistema de ar condicionado, instalando você consegue utilizar e desfrutar de todo o conforto que o sistema de ar condicionado pode proporcionar. Pare de passar calor e ande mais seguro dentro do seu automóvel, instalando o sistema de ar condicionado na Prochaskar. Aqui você tem a certeza do melhor serviço na instalação e na manutenção do sistema de ar condicionado automotivo de São Paulo.

 

Faça Instalação de ar condicionado em veículos importados e nacionais com os melhores especialistas de SP.

O sistema de arrefecimento automotivo é muito importante funcionar corretamente para preservar o motor em condições ideais de uso e sem superaquecer, o que pode acabar por prejudicar o motor e suas peças, pois caso fique muito quente pode empenar as peças e provocar um estrago bem grande, chegando inclusive a fundir o motor o que deixa o reparo bem caro. É um sistema composto de vários componentes, que agindo juntamente e em sincronia manterá o motor funcionando em condições ideais e durante bastante tempo Um dos componentes desse sistema é o líquido refrigerante que é usado no radiador e que geralmente é composto por água e um aditivo de boa qualidade para cuidar bem do veículo. A água não pode ser a comumente encontrada em torneiras e em poços e deve ser destilada ou desmineralizada, pois não pode ter nem cloro e nem calcário, que são componentes prejudiciais ao motor, o que é comum em águas normais. Nunca se deve utilizar solução de bateria, que é ácida. Uma dica muito importante quando for colocar água no radiador.

Para completar o nível, deve esperar o motor e consequentemente o líquido esfriar, pois se colocar o líquido enquanto a água ainda estiver quente, esse choque térmico pode causar danos ao motor e quando se mistura o líquido frio com o quente, esse será jorrado para fora e pode inclusive causar queimaduras em quem estiver perto. O ideal é que esse procedimento seja realizado de manhã e antes de ligar o automóvel, pois aí a água que já está no sistema se encontra em temperatura ambiente. Verifique também o estado do sistema de arrefecimento de veículos da Fiat.

Os aditivos devem ser usados conforme especificação correta, tendo como função proteger o sistema no seu interior contra a corrosão e incrustações, aumentando o ponto de ebulição da água e dessa forma diminuindo a tendência existente para que bolhas se formem. Esse líquido, com o passar do tempo perde sua eficácia e eficiência, devendo ser trocado conforme informado no manual de instruções do automóvel. Isso feito corretamente faz com que o seu desempenho seja o melhor possível, prolongando bastante a vida útil do motor.

Todas as dicas acima ajudarão a fazer com que o sistema de arrefecimento do automóvel funcione da melhor maneira possível. E para verificar o estado e fazer uma manutenção e revisão geral, realizando o diagnóstico correto do estado do sistema, procure o mais breve possível a Prochaskar. O sistema de arrefecimento deve sempre funcionar corretamente, com o líquido dentro do prazo de validade e sem nenhum entupimento.

Na Prochaskar você encontra os melhores técnicos mecânicos para cuidar do seu automóvel, bem como a melhor estrutura para cuidar do seu veículo e os equipamentos mais modernos e corretos para fazer diagnósticos, reparos e a manutenção corretamente.

Sistema de arrefecimento automotivo conserto é na Oficina Prochaskar

Você que é proprietário de uma Chevrolet Montana ou qualquer outro automóvel e percebe que o seu veículo está consumindo combustível além do normal, apresenta falhas no motor e seu desempenho está aquém do esperado, saiba que uma das causas pode ser a bobina de ignição. Poucas pessoas conhecem a bonina e só passam a conhecer da pior maneira, quando ela apresenta algum problema e deixa o motorista na mão. Em muitos casos chega até a impedir o funcionamento do automóvel. A função da bobina no sistema automotivo é a de transformar a tensão que vem da bateria em alta tensão que é a necessitada para que a centelha que irá dar o start no motor. Depois, essa centelha é transferida para o conjunto de velas de ignição onde as faíscas são produzidas para que a combustão aconteça corretamente e consequentemente o funcionamento do motor.

Quando a bobina não funciona corretamente, a corrente chega de maneira irregular no conjunto de velas e que acaba por provocar problemas na combustão. As consequências desse problema são o automóvel apresentar perda de potência, ouve-se barulho do pino batendo, o consumo de combustível aumenta e aumenta também a emissão de poluentes.

Uma das funções da bobina é distribuir a corrente uniformemente para as quatro velas. Caso aconteça da corrente ficar irregular em alguma das velas, as falhas começam e o desempenho em geral do veículo é totalmente comprometido. Aí nesse caso, para fazer uma revisão geral no bobina e no sistema de ignição, pois a consequente falha na bobina pode prejudicar outros componentes desse sistema, leve seu veículo até a Ofina Prochaskar, onde um diagnóstico completo será realizado.

É muito importante que será realizado o reparo da bobina o mais rápido possível, pois é um reparo que fica barato se comparado às consequências do que podem acontecer decorrentes do funcionamento irregular da bobina. Além disso, quanto mais se demora para realizar o reparo, mais prejuízo tem, principalmente pelo fato do consumo de combustível aumentar bastante. Quando está com a bobina ruim, o consumo aumenta e pode acabar forçando o motor e prejudicando outras peças. Ou seja, o conserto fica bem mais caro quanto mais se demora para arrumar a bobina.

Normalmente, a bobina é uma peça que tem uma durabilidade bastante alta, mas vários fatores podem fazer com que essa durabilidade se reduza, isso dependendo muito das condições que o veículo é utilizado, se a manutenção periódica no jogo de velas é realizado corretamente e se outras peças do sistema de ignição são verificadas constantemente, como os cabos supressores e o alternador.

Então para que a manutenção seja realizada no melhor centro automotivo da cidade de São Paulo, com os melhores técnicos mecânicos e a melhor estrutura, leve seu automóvel até a Prochaskar, onde você encontra também os melhores equipamentos para o diagnóstico do estado da bobina, do sistema de ignição e de todos os outros sistemas veiculares como o sistema de direção hidráulica e o de ar condicionado. Então não perca tempo, manutenção completa do automóvel é na Prochaskar Oficina Mecânica.

O sistema de direção hidráulica  funciona perfeitamente desde que todas as peças estejam em perfeito estado e totalmente funcionais. Porém, caso qualquer situação aconteça que prejudique alguma dessas peças pode fazer com que a direção fique dura, não funcione da maneira esperada, fique puxando para um dos lados, apresente vazamento de óleo e outros sintomas mais. Nesse caso, o reparo deve ser realizado imediatamente para não prejudicar a dirigibilidade e nem a segurança dos ocupantes.

Existem alguns defeitos que podem ser prejudiciais ao veículo e também colocar a vida dos ocupantes em risco. E também alguma situação que não esteja diretamente relacionada ao sistema de direção, mas que acaba prejudicando, estando relacionada indiretamente, como os pneus carecas e rodas desalinhadas e desbalanceadas. Folgas também nos sistemas do automóvel precisam imediatamente de ajuste pois podem se tornar perigosas e aumentar, provocando inclusive um acidente.
Digamos que o pneus esteja careca e o sistema de direção funcionando perfeitamente, uma situação de direção no úmido ou sob chuva, fica muito perigoso, pois qualquer quantidade maior de água que o veículo passar em cima pode perder o controle e causar um grave acidente. Nesse caso é muito importante ficar atento ao estado dos pneus e assim que ver que está com pouca borracha é necessário fazer a troca imediatamente e evitar pneus de baixa qualidade como ressolados e remold.

Outra situação que pode prejudicar o desempenho do sistema de direção hidráulica acontece quando as rodas estão desalinhadas, o que faz com que a direção puxe para um dos lados e com o passar do tempo os pneus se desgastam irregularmente, pois existe uma área deles que mantém um maior contato com o asfalto e com mais pressão sobre essa área, o que a desgasta mais. Dessa maneira, é muito importante também verificar o alinhamento e balanceamento das rodas.

Portanto, para verificar o estado do sistema de direção hidráulica do seu veículo e do alinhamento e balanceamento das rodas e tudo que esteja relacionado diretamente com o sistema de direção, procure a Prochaskar, o melhor centro automotivo da cidade de São Paulo, que conta com os melhores técnicos de direção para deixar o seu veículo funcionando perfeitamente, conta também com a melhor estrutura e os melhores e mais modernos equipamentos de diagnóstico, manutenção e revisão. Então não perca tempo, procure a Prochaskar.

O sistema de direção hidráulica deve sempre funcionar corretamente e proporcionando aquela segurança, rapidez e leveza nas manobras, pois essa é a sua função. Porém, por algum motivo que é necessário diagnosticar e reparar ela pode ficar funcionando de maneira incorreta, deixando inclusive a condução complicada pois a direção dependendo do que acontece funciona como uma direção mecânica ou às vezes até mais pesada.

Essa situação que não é nem um pouco bem vinda geralmente pode acontecer após alguma situação que fuja à normalidade, como alguma batida que afete uma peça da direção, passar em algum buraco que também afete algo no sistema, ou até desgaste natural e desgaste decorrente de mau uso. São situações que muitas vezes acontecem alheias à vontade do motorista que se pudesse preferia que não tivesse acontecido. E, sendo uma situação propensa a acontecer com qualquer veículo, é muito importante logo após acontecer procurar um centro automotivo especializado para diagnosticar o que aconteceu com a direção hidráulica.

Em alguma situação que danifique o sistema de direção hidráulica, deixando-a mais dura, procure imediatamente um centro automotivo especializado para realizar o diagnóstico completo. Todas as peças serão verificadas, assim como as mangueiras para verificar se existe algum vazamento, a bomba de direção para ver se estão vazando fluido hidráulico, conexões entre outras peças. Nesse caso é importante realizar também uma vistoria e diagnóstico geral no sistema de suspensão. Depois de realizados os diagnósticos completos, tudo o que for detectado deve ser reparado para que a direção volte a funcionar correta e perfeitamente.

O reparo do sistema de direção hidráulica é muito importante ser feito em um centro automotivo especializado e de confiança, pois é um sistema que interfere diretamente na segurança e firmeza de direção. O reparo deve ser realizado com muito cuidado, técnicos mecânicos especializados e treinados especificamente para esse fim e equipamentos de última geração para detectar e reparar todos os defeitos existentes.

Por isso, leve seu veículo para fazer as manutenções costumeiras na Prochaskar centro automotivo e oficina mecânica, o melhor centro automotivo da cidade de São Paulo, com técnicos mecânicos, de direção e de ar condicionado constantemente treinado e atualizado para fazer o diagnóstico correto e preciso no sistema de direção hidráulica do seu veículo. Lá você também conta com os melhores equipamentos para realizar diagnósticos e a melhor estrutura física.

  • Para evitar que o pneu tenha desgaste excessivo e desnecessário, há algumas recomendações valiosas
  • Calibre os pneus semanalmente de acordo com a indicação do manual do fabricante.Faça rodízio de pneus.
  • Evite sobrecarga de peso.
  • Faça a manutenção preventiva de componentes do veículo que atuam diretamente sobre os pneus.
  • Alinhe o sistema de direção e suspensão, além do balanceamento de pneus conforme indicado pelo fabricante.
  • Utilize o pneu indicado para cada tipo de solo.
  • Observe periodicamente o indicador de desgaste de rodagem que existe em todo pneu para mostrar o momento certo da troca.
  • Evite o contato do pneu com derivados de petróleo ou solventes, que atacam a borracha.
  • Evite a direção agressiva com freadas fortes e mudanças bruscas de direção.
  • O que devemos saber sobre pneus
  • Data de fabricação
  • Máxima pressão de enchimento
  • Tração
  • Desgaste
  • Máxima capacidade de carga por pneu
  • Variação de velocidade
  • Resistência à temperatura
  • Tamanho do pneu

Uma das primeiras dicas nesse sentido é, na verdade, cuidar dos componentes alimentados por energia elétrica, mantendo-os sempre bem regulados e com consumo dentro do previsto pelos fabricantes tanto do carro quanto da bateria.

Outra recomendação é não deixar a bateria descarregar muito, deixando som ou luzes internas funcionando por muito tempo sem ligar o carro.

Em geral, a carga dura cerca de duas horas e meia, então o indicado é ligar o veículo por alguns minutos a cada hora para garantir a recarga, já que o consumo está constante.

Vale lembrar, ainda, que o alarme também consome energia elétrica, e da mesma forma, se o carro for ficar muitos dias sem uso, é importante ligá-lo para não deixar a carga da bateria acabar.

Verificação dos componentes é importante analisar, também, o regulador de tensão do alternador. Ele controla a quantidade de energia fornecida à bateria, e precisa estar bem ajustado para evitar que a carga seja inferior à necessária.

A Cristalização de Para-Brisa da Prochaskar mantém os vidros limpos e aumenta a visibilidade mesmo sob chuva forte.

Vantagens:

  • Limpa e cria uma película impermeabilizante que protege o vidro
  • Impede que chuvas ácidas, poluição e materiais abrasivos entrem em contato direto com o vidro.
  • A película repele a água, impedindo que se formem espelhos d’água sobre a superfície do vidro em dias de chuva.
  • Aumenta a segurança do motorista e de seus acompanhantes em dias de chuva
  • A película não é removida ao lavar o vidro com produtos de limpeza comuns
  • Durabilidade aproximada de 60 dias.

Outra vantagem deste serviço é que ele proporciona menor utilização do limpador de para-brisa já que, em uma velocidade acima de 45 km/h, a água da chuva escorre pelo vidro do veículo sem deixar vestígios e sem prejudicar a visão do motorista.

Além dessa ação repelente ele também diminui o ofuscamento e evita a fixação de impurezas, aumentando assim a vida útil das palhetas  do limpador de para-brisa

Para evitar o uso de gasolina adulterada:

Abasteça somente em postos de confiança. O ideal é que eles se localizem no caminho rotineiro do motorista. Isso evita que, na pressa, o carro seja abastecido em um posto desconhecido.

Use de preferência gasolina aditivada, como a system 3,da Texaco. É um combustível de qualidade superior e mais difícil de ser adulterado.

Se não for possível evitar um posto “suspeito”, solicite nota fiscal para poder comprovar a origem do combustível se houver problemas no motor causados pela gasolina.

Não se iluda com preços muito baixos da média do mercado e desconfie de preços promocionais. Combustível muito barato é produto resultante de adulteração, sonegação de impostos ou ambos.

Gasolina adulterada causa

  • Falha no funcionamento do motor
  • Instabilidade da marcha lenta
  • Aumento no consumo de combustível
  • Batida de pino e engasgos no motor
  • Travamento das válvulas
  • Depósitos no pistão
  • Danos ao diafragma da bomba de combustível
  • Diluição excessiva do óleo lubrificante, causando desgastes dos mancais, cilindros e anéis de pistão
  • Danos a carcaça da bomba de combustível
  • Danos ás juntas, aos vedadores e componentes á base de borracha
  • Aumento na emissão e na periculosidade dos poluentes
  • Prejuízo para meio ambiente, para a coletividade e para o seu bolso

O motor é o coração do veiculo. Portanto, deve-se ter o máximo de cuidado para que esta máquina continue funcionando a todo vapor.

Cuidados simples evitam muita dor de cabeça. Algumas dicas muito importantes:

Verifique o óleo: Assim como motor pode ser comparado ao coração, o óleo representa o “sangue” do veiculo e é responsável por manter todas as peças do motor lubrificadas, trabalhando sem desgaste.

Garantindo a durabilidade das peças e sua eficiência na função que desempenham. Portanto o óleo do motor deve ser verificado uma vez por semana.

Antes de ligar o veículo (com o motor frio) confira o nível do óleo. O nível ideal é próximo ao Máximo.

A suspensão de um carro juntamente com o sistema de freios faz parte do que se chama sistema de segurança do veículo.

Exige ao menos uma revisão periódica para verificação de eventuais danos gerados pelas condições não muito propicias de nossas vias.

No que diz respeito as peças a lista é extensa sendo que os principais itens são:

Amortecedores

  • Molas
  • Bandejas
  • Pivôs
  • Barras e Terminais
  • Juntas homocinéticas

Diferentemente do que se pensa a função principal de um amortecedor é limitar o curso de atuação das molas equalizando e balanceando as oscilações do sistema de suspensão e não a de absorver impactos. Esta função é do conjunto de molas que deve sempre ser substituída em conjunto com os amortecedores.

Desgaste excessivo da suspensão

  •  Maior fadiga do condutor e aumento do tempo de reação
  • Menor estabilidade em curvas
  • A aquaplanagem acontece a uma velocidade 10 % menor que o normal
  • O sistema de ABS não funciona adequadamente sem as rodas tocarem o solo
  • Maior distância de frenagem
  • Aumenta a possibilidade de derrapagem em solo molhado
  • Acentua o desgaste de outros elementos mecânicos
  • Normalmente o sintoma mais comum são os barulhos que aparecem quando se está dirigindo.
  • Nos casos onde não se nota nenhum sintoma deve-se verificar a suspensão a cada 3 meses.

Através do movimento do virabrequim a correia movimenta o alternador, bomba d’água, bomba da direção hidráulica, compressor do ar condicionado entre outros componentes.

Basicamente encontramos três tipos de correias em um veículo dependendo do modelo e ano: Correia em V, Correia Micro V, Poli V ou única, Correia Dupla e Correia Sincronizada ou Dentada

A correia dentada (que não transmite o movimento por atrito, mas pela tração exercida pelos dentes da correia sobre os dentes da polia) tem a função de transmitir a rotação do virabrequim para o eixo que comanda as válvulas do motor, sem que haja um deslizamento da correia na polia. Se a correia quebrar, o motor para e não pega nem no tranco. Tentativas podem danificar peças como bielas, válvulas e até mesmo o virabrequim.

Caso haja ronco excessivo do motor, superaquecimento ou inatividade do motor causado por danos na correia dentada é imprescindível a parada total do veículo e o acionamento de um reboque. Logo, realize a troca a cada 40.000 km, podendo se estender até os 60.000 km, conforme o modelo e fabricante.

As correias dentadas têm exatamente esta função, interligando as partes mecânicas e estabelecendo seu sincronismo.

Não é tão raro que se verifiquem ruídos característicos das correias geralmente provocados pôr tensão alta, desgaste das polias resultado do uso da correia nova com polia velha ou gasta.

A maior parte dos problemas com correias sincronizadas tem origem na regulagem de sua tensão, daí a razão de usar medidores de tensão. A quebra da correia também pode ser causada pôr tensão insuficiente, ou ainda pelo desgaste das polias ou desequilíbrio de tolerância (diâmetro, perfil, e excentricidade das polias).

 O desalinhamento das polias pode ser outra causa de seu rompimento.

As correias, como todas as outras peças mecânicas, tem vida útil limitada, e devem ser substituídas periodicamente de acordo com as recomendações de fabrica.

Caso haja ronco excessivo do motor, superaquecimento ou inatividade do motor causado por danos na correia dentada, é imprescindível a parada total do veículo e o acionamento de um reboque. Logo, realize a troca a cada 40.000 km, podendo se estender até os 60.000 km, conforme o modelo e fabricante.

Todos nos condutores de veículos devemos ficar atentos com a troca de óleo do motor, mas vale lembrar que precisamos também precisamos substituir o óleo da caixa de cambio e da direção hidráulica.

Devemos ficar atentos nos prazos limites para troca e procurar um bom Centro Automotivo, geralmente vem especificado no manual e é indicado que seja trocado em media de 10.000 km ou 06 meses conforme a marca do veículo basta verificar o modelo do óleo indicado pela montadora, o prazo e a quantidade.

E aconselhável procurar uma boa empresa e conversar com um especialista para ver a situação do seu veículo.

A maioria dos automóveis traz no manual de proprietário os prazos, o do motor e indicada a troca em média entre 10 quilômetros ou seis meses (conforme a marca), e indicado seguir à risca o modelo de óleo indicado pela montadora, à quantidade de litros e o prazo.

Outra informação importante é não considerar a cor do óleo de motor como fator de troca, observa o consultor técnico da Prochaskar.

Essa  prática é comum no ramo automotivo indicar a troca aos consumidores quando o óleo se encontra muito escuro, porém, o fato do óleo estar escuro indica que ele é eficaz na limpeza do sistema, e não que se encontra em más condições de uso.

 Caixa

O óleo da caixa de câmbio que fica entre as engrenagens tem uma maior durabilidade, as montadoras recomendam em media a troca a cada 50 mil Km, após três anos de uso, geralmente não costuma baixar o nível, há não ser que ocorra vazamentos.

O óleo é diferente do de motor, sendo mais espessa, a troca é necessária porque o lubrificante antigo com o passar do tempo perde viscosidade e pode provocar ruídos e desgaste acentuado nas engrenagens da caixa.

Direção hidráulica

O óleo da caixa de direção hidráulica tem uma maior durabilidade que a do óleo do motor, o prazo recomendado para o lubrificante da direção hidráulica, diferencia de marca para marca de automóvel, em media varia de 35 a 50 mil Km, já o fluido que ultrapassa a data de validade pode ocasionar um desgaste da caixa de câmbio com grandes chances de se quebrar uma peça.

Igualmente como o óleo do motor, o reservatório da direção hidráulica (fica próximo ao motor) tem nível máximo e mínimo, observar para manter sempre no nível, abaixo ou acima do nível pode prejudicar o sistema e deixar o volante pesado.

Atualmente, os automóveis estão cada vez mais bem projetados, o que de certa forma ajuda bastante na dirigibilidade e na questão da economia de combustível. Com certeza, qualquer que seja o perfil do motorista, o quanto mais conseguir economizar de combustível ele ficará satisfeito e realmente é o que qualquer um quer, ainda mais hoje que o combustível está cada vez mais caro no Brasil e a tendência é aumentar cada vez mais. Para economizar mais ainda, o motorista deve dirigir economicamente, o que significa tirar o máximo de desempenho do conjunto mecânico gastando-se o mínimo de combustível, ou com o menor consumo. O que aliado à direção defensiva e sem forçar muito o motor permitirá que se consiga alcançar uma vida longa ao veículo, já que ele estará dentro dos padrões de utilização normais. Os sistemas do automóvel devem funcionar corretamente também, então faça uma manutenção no amortecedor e na suspensão do seu Volkswagen UP e nos outros modelos, o que também ajuda bastante na economia de combustível.

E para que a dirigibilidade seja feita de maneira correta e não forçada, é muito importante o conhecimento básico dos sistemas do automóvel e como utilizá-los sem forçar, juntamente com a correta manutenção dos mesmos. Além disso, é necessário que se tomem alguns procedimentos básicos e alguns conselhos bastante úteis que ajudam a atingir o modo mais econômico de se dirigir o veículo.

O caminho que será feito para chegar ao destino tem influência direta na questão do consumo de combustível e no desgaste dos componentes do automóvel. Muitas vezes não se consegue utilizar o melhor caminho, mas é importante ter em mente que o melhor é aquele que tem o mínimo possível de troca de marchas para reduzir, o que se consegue manter uma velocidade constante sem muitas alterações. É importante também evitar as frenagens mais bruscas e as arrancadas muito fortes, o que força muito o motor e aumenta o combustível. Antes de ir até o seu destino, procure planejar o trajeto com antecedência e tendo em mente que nem sempre o caminho mais curto é o mais econômico.

E para ter uma melhor noção do conceito de consumo de combustível, é importante saber que além dos atritos internos que acontecem nos conjuntos mecânicos do automóvel e também as resistências naturais aos movimentos do automóvel. É a força que o motor exerce para impulsionar o automóvel juntamente com o correto uso das marchas que faz com que o veículo vença essas resistências naturais e se movimente. Então tenha sempre em mente dirigir buscando o máximo de economia possível.

E para aprender um pouco mais sobre direção defensiva e com economia, procure a Prochaskar, que é o melhor centro automotivo da cidade de São Paulo e tem o melhores técnicos mecânicos para cuidar do seu veículo e que te darão várias dicas para melhorar a sua dirigibilidade e aumentar a economia de combustível. Além disso, tem os melhores equipamentos para diagnósticos e regulagem do motor, que também acaba por influenciar bastante no consumo, pois se estiver desregulado vai gastar mais do que o normal. Então não perca tempo e leve seu automóvel até a Prochaskar.

Enzo Boa tarde,tenho um Idea Adventure 2010, estou com um problema no carro a mais ou menos três meses um estralo o qual pensei que fosse na roda do lado direito do carro,levei o carro para alinhar,ou seja,esta parte de rodas,pneus esta correto.Estou pensando que o problema seja na caixa de direção,mas ate o momento n'ao conhecia voces, pesquisando na internet encontrei voces, será que poderia me ajudar? Desde de já agradeço por receber meu desabafo;obrigada
Curtir · Compartilhar · 542 30 89 · enviado dia
Marcelo Rosa boa noite, tenho um siena 2007, e começou a fazer um barulho sempre que vou manobra, quando começo a desfazer o volante o barulho para, em linha reta e em curva suave não faz barulho, o barulho é parecido com um gemido,direção não estar dura, bem macia, troquei todo oleo do sistema, mas continuou o barulhoeu acredito que pode  ser o rolamento da correia do ar, ou rolamento do esticador que ja pode estar apresentando defeito, so que não escuto nenhum barulho de rolamento ruim em linha reta, hoje ao manobrar, percebi que quando manobro com a marcha engatada, ele faz o barulho e em uma descida quando manobro em ponto morto aproveitando a descida não faz barulho, sera que pode ser minha embreagem, porem tambem em linha reta não faz barulho de nada nem colar cantando,apenas embreagem dura. pode me ajudar por favor. A direção está como se tivesse uma grande quantidade de ar dentro dela, que a direção meche sozinha, batendo para um lado e para o outro, com pressão, que chega não conseguir segurar ela, com muito pressão. enfim, n'ao sei o que fazer e estou decidido a levar na Direção Hidráulica Prochaskar na Unidade Pompéia porque sei que sao especialistas, depois venho aqui contar o resultado, voces sao minha unica experiencia
Curtir · Compartilhar · 455 16 100 · enviado dia
Franklin Boa Tarde a todos! tenho um Ford Fiesta ano 2007/2008 e estou com um grande problema na direção hidráulica dele, bem vamos lá. Essa direção estava com um vazamento muito grande nos retentores que estouraram, comprei um kit de reparo para trocar, eu mesmo realizei a troca , mas acho que nao deu certo. A direção está como se tivesse uma grande quantidade de ar dentro dela, que a direção meche sozinha, batendo para um lado e para o outro, com pressão, que chega não conseguir segurar ela, com muito pressão. enfim, n'ao sei o que fazer e estou decidido a levar na Direção Hidráulica Prochaskar na Unidade Pompéia porque sei que sao especialistas, depois venho aqui contar o resultado, voces sao minha unica experiencia
Curtir · Compartilhar · 366 120 110 · enviado dia
Alguém está escrevendo...
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1.500 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

O sistema de ar condicionado dos automóveis da Ford é dos mais eficazes que existe no mercado automotivo mundial. E ainda mais nesse calor que têm feito ultimamente realmente o sistema deve funcionar corretamente e constantemente para proporcionar o conforto e segurança necessários para os ocupantes do veículo e o condutor. Caso aconteça qualquer problema com o ar condicionado e ele não funcione corretamente você deve imediatamente procurar a  Oficina Mecânica e Centro Automotivo Prochaskar.

O sistema de ar condicionado tem várias peças que devem funcionar corretamente para que o sistema como um todo proporcione o máximo de conforto e disponibilidade para que os ocupantes do veículo fiquem satisfeitos com seu desempenho. Uma das peças mais importantes é o filtro de cabine do sistema do ar condicionado, que quando está desgastado e sujo compromete não somente o desempenho do ar condicionado como também pode prejudicar a saúde dos ocupantes.

O filtro de ar de cabine é responsável por filtrar o ar exterior e mandar para dentro do habitáculo do veículo. Ou seja, quando o ar exterior está bem sujo, essa sujeira fica retida no filtro para que o ar do veículo fique limpo e quanto mais o sistema de ar do veículo é utilizado, mais o filtro acumula sujeira e com o tempo a tendência é o filtro entupir até que ele perca a sua funcionalidade e exista a necessidade dele ser trocado.

Quando o filtro de ar fica entupido, prejudica o desempenho e funcionamento do ar condicionado, diminui o fluxo de ar para o habitáculo do veículo e propicia a proliferação de fungos, bactérias e agentes nocivos à saúde e causadores de mau odor e até doenças respiratórias. Um dos meios de saber que o filtro está entupido e propiciou a proliferação de bactérias é quando o sistema de ar condicionado é ligado, entra aquele cheiro incômodo no interior do veículo e os ocupantes começam a espirrar, sinal claro de que o ar está irritando o nariz.

Nesse caso já aparenta e apresenta sinais de que deve ser trocado o filtro. Mas, em outros casos, como saber que está na hora da troca? É uma questão bastante complicada de responder, mas existem algumas dicas interessantes. A principal dica é quando o motorista está acostumado a usar uma velocidade no sistema e com o passar do tempo essa velocidade fica fraca. Por exemplo, se sempre é utilizado na velocidade dois e de repente para conseguir o mesmo efeito no ar é necessário utilizar a velocidade três ou quatro. É um sinal de que o ar está com dificuldade de passar pelo filtro. Outra dica é quando ao ligar o ar condicionado no interior do veículo entra aquele cheiro desagradável e característico de mofo.

Mesmo que não esteja aparentemente nada de errado com o sistema de ar condicionado do seu veículo, é muito importante levar até a Prochaskar para uma revisão preventiva. Nesse caso olharemos inclusive o filtro de ar de cabine para saber o estado dele e se for o caso realizará a substituição. Além de verificar o filtro, faremos uma manutenção geral no sistema para diagnosticar se tem algo que precisa ser trocado ou reparado para que ele funcione perfeitamente proporcionando o conforto, praticidade e segurança que somente o sistema de ar condicionado funcionando perfeitamente pode proporcionar.

Filtro de ar de cabine do ar condicionado de automóveis da Ford

É muito importante termos cuidado com a junta da homocinética do nosso automóvel. Cada vez mais nos automóveis vemos a presença da tecnologia para facilitar, porém existem algumas peças que não mudam e da qual o motorista não consegue escapar. É o caso da junta da homocinética. É uma peça relativamente conhecida e comentada, mas sabe realmente qual peça é e como funciona? É um sistema de peças que se encontra no veículo e que tem como função fazer a transmissão da força que vai desde o eixo das rodas até o volante e o contrário também, para dessa maneira fazer o veículo se movimentarem.

Falando de uma maneira técnica é uma peça formada por um veio transmissor, de esferas de aço, rolamentos, cúpula e de veio transmissor que faz parte do cubo da roda. Resumindo, um par de dobradiças em forma redonda que giram em posições contrárias. Tem também uma parte interna e outra externa, que são separadas por uma esfera, juntamente com a parte externa do semi eixo, que deslizam e permitem os movimentos em vários ângulos diferentes.

Determinados procedimentos que se realiza com o automóvel devem ser evitados para não acarretar problemas para as juntas. Por exemplo, o torque demasiado, arrancadas repentinas e constantes e trancos podem danificar todo o conjunto, que tem como função fundamental a transmissão de força e caso os cuidados necessários não sejam tomados como visitar constantemente um centro automotivo especializado e de confiança; realizar ao dirigir a direção preventiva, tomando cuidado com o veículo para que ele seja dirigido com cuidado e priorizando a economia de combustível.

Caso contrário o prejuízo pode ser grande, pois o desgaste das peças pode acontecer mais rápido do que o normal, fazendo inclusive várias peças quebrarem, incluindo a junta da homocinética, podendo inclusive deixar o condutor na mão e sem contar que nesse caso os prejuízos não são baratos. Em uma situação normal, as juntas duram algo em torno de 50.000 quilômetros. Além da junta, aproveite para fazer a revisão na suspensão do seu veículo, como o Uno Mille Fire.

Para identificar algum problema na junta é relativamente fácil, pois o principal sintoma é que ao acelerar o veículo acontece a sensação dele estar fraco. Quando o veículo está em movimento ou em alguma manobra, um dos sintomas de que existe problemas com a junta é o barulho de atrito metálico e logo em seguida alguns estalos, que são sintomas característicos de que a peça está desgastada, sendo sinal de que a junta está com folga e precisa ser substituída.

Nesse caso, ao ouvir algum barulho diferente e constante o mais correto a se fazer é visitar um centro automotivo especializado com técnicos mecânicos prontos para fazer todo tipo de manutenção no seu veículo, para que seja feito o diagnóstico preciso do problema. A Prochaskar oficina mecânica possui os melhores técnicos mecânicos da cidade de São Paulo, altamente treinados; tem também os melhores equipamentos para realizar o diagnóstico, a manutenção e reparo das peças e da junta da homocinética e por fim tem a melhor estrutura para cuidar do seu veículo. Então não perca tempo e leve seu veículo até a Prochaskar.

É de extrema importância que os cuidados para a manutenção do veículo como o Volkswagen Gol sejam acompanhados de perto e todas as suas peças sejam vistoriadas para que funcionem corretamente. Uma dessas peças que é muito importante e deve constantemente ser analisada é o filtro de combustível, que ajuda a cuidar tanto do bom funcionamento do veículo quanto na preservação correta do motor.

Sempre que o filtro de combustível é trocado, o meio ambiente agradece e também o veículo apresenta o máximo de rendimento, pois o filtro é novo e ainda não está com impurezas e partículas de sujeira para atrapalhar o fluxo do combustível. Isso é muito importante e ajuda no bom rendimento do motor e na economia de combustível.

O filtro de combustível é responsável por proteger o sistema de alimentação do motor de impurezas e resíduos, pois elimina toda e qualquer impureza do combustível, evitando que essas impurezas se encaminhem para o motor e o prejudique. Dessa maneira, o combustível filtrado ajuda a aumentar o desempenho do motor e sua vida útil.

Por outro lado, à medida que o filtro de combustível é utilizado e as impurezas ficam retidas nele, o filtro vai-se entupindo e acaba por não mandar para o motor a quantidade necessária de combustível. Aí nesse caso o motor apresenta falhas no seu rendimento e consequentemente o consumo aumenta. Aí é necessário que se troque o filtro de combustível para que o motor volte a funcionar corretamente e tenha o seu consumo regularizado.

O filtro de combustível tem como principal função filtrar o combustível e fazer com que o maior número de resíduos sólidos seja eliminado e também ajuda a eliminar toda a água que está presente nesses resíduos. Essas partículas de impureza podem vir do depósito de combustível e chega ao filtro juntamente com o próprio combustível. Essas partículas também costumam danificar a bomba de injeção do automóvel.

Por isso, para verificar o estado do filtro de combustível do automóvel como o Volkswagen Gol, procure sempre um centro automotivo especializado com técnicos mecânicos treinados e prontos para realizar os diagnósticos necessários e que conte também com os equipamentos corretos e calibrados para que o diagnóstico seja preciso e sem falhas, o que permitirá deixar o veículo funcionando corretamente. E, funcionando perfeitamente, o consumo se normalizará e o rendimento ficará como se o veículo tivesse saído de fábrica e da melhor maneira possível.

É muito importante que todos os sistema do veículo estejam funcionando corretamente para que ele proporcione conforto e segurança aos ocupantes do veículo. O bom funcionamento de um sistema depende do outro e quando todos funcionam corretamente é menos suscetível de acontecer algum erro ou pane no automóvel. Dessa
maneira ele funcionará corretamente e sem nenhum problema.

Um dos sistemas mais importante e que deve sempre estar em dia para a segurança dos ocupantes do veículo é o sistema de freios. O sistema de freios deve estar sempre impecável e funcionando exatamente igual e calibrado em todas as rodas, para que não aconteça de uma frear mais do que a outro e proporcionar a possibilidade de um acidente.

O freio é composto por várias pelas e algumas das mais importantes são as pastilhas de freio, as lonas de freio e o fluido de freio, que funcionará sob pressão e precisa estar com o seu nível correto para funcionar perfeitamente. Caso o nível esteja abaixo do recomendado, dependendo de quanto falta, na hora de frear o veículo não terá a pressão necessária e o veículo freará muito pouco ou pode até chegar ao ponto de não frear, podendo causar um acidente.

Por se tratar de um item de segurança, o sistema de freios deve ser sempre vistoriado e funcionar sempre perfeitamente. Quando se detectar qualquer anormalidade no seu funcionamento é muito importante procurar um centro automotivo especializado para que um diagnóstico completo seja realizado e depois desse diagnóstico tomar as providências necessárias para seu reparo. O importante é sempre funcionar corretamente e igualmente entre todas as rodas.

O freio deve ser utilizado com muito cuidado também, pois caso aconteça uma situação onde seja necessário uma freada brusca, caso essa freada seja de uma vez e forte, pode acontecer do carro derrapar, batendo em outro ou até perder o controle da sua direção. Por isso é muito importante o condutor dirigir o veículo prestando atenção em tudo que acontece à sua volta. Caso sinta que algo pode acontecer e causar grande estrago o melhor a se fazer é diminuir a velocidade e manter a calma para que a situação passe.

Dessa maneira, o mais importante é tomar muito cuidado ao frear o automóvel, tentando prever tudo o que pode acontecer na situação. Muito importante também é sempre que se fizer necessário, levar o automóvel a um centro automotivo especializado para qualquer reparo e diagnóstico.

Outra coisa que é sempre bom de vez em quando fazer é um check up geral do estado dos freios para dessa maneira ter a manutenção preventiva efetuada, mesmo que aparentemente os freios não apresentem nenhum problema digno de nota.

Para que todas essas verificações sejam feitas, procure um centro automotivo especializado. Lá seu veículo será atendido por técnicos mecânicos prontos para resolver qualquer tipo de problema e deixar o sistema de freios funcionando perfeitamente.

É muito importante que constantemente o automóvel dê uma passada em uma oficina mecânica para verificar se tem algum reparo a ser feito e efetuar uma revisão preventiva, mesmo que aparentemente nada esteja acontecendo. Existem alguns defeitos e problemas nos veículos que conseguem ser detectados antes de acontecer.

Essa manutenção preventiva costuma fazer com que o proprietário do veículo economize uma boa grana, pois quando o defeito é reparado antes de acontecer geralmente o conserto fica bem mais em conta e evita muitos aborrecimentos como deixar na mão nas mais inconvenientes situações e locais, como por exemplo, quando o veículo está levando seu dono a uma festa ou a uma reunião importante de negócios. Já com a revisão preventiva sendo feita constantemente essa situação tem chances mínimas de acontecer.

E para que a revisão preventiva seja realizada corretamente é necessário que seja feita em uma oficina mecânica com técnicos especializados e treinados e com os equipamentos corretos e calibrados para que os diagnósticos sejam precisos e confiáveis. Leve seu automóvel a uma oficina mecânica de confiança para que o serviço seja realizado com seriedade e honestidade.

E, para escolher uma oficina mecânica para levar seu veículo um dos critérios que pode ser levado em consideração é o tempo de funcionamento da oficina. Quanto mais tempo de existência a oficina tem, é um forte indício de que o trabalho executado por ela é de confiança e com qualidade. Além disso, deve ser levada em consideração a equipe de técnicos mecânicos e de ar, bem como a atenção que o gerente dá e toda a equipe responsável pelo atendimento.

Além disso, atualmente as oficinas estão cada vez mais profissionais e diversificadas na gama de serviços automotivos que oferecem. Pode ser manutenção e instalação do sistema de direção hidráulica, manutenção e instalação do sistema de ar condicionado, manutenção e reparo na suspensão, parte elétrica e no motor do automóvel.

Por isso, na hora de escolher a oficina mecânica que irá cuidar do seu automóvel leve em consideração todos os pontos levantados acima, buscando profissionais competentes, que passem confiança no atendimento e que já estejam a um bom tempo funcionando, o que geralmente indica que apresentam serviço de confiança e qualidade.

  • A correia serpentina em um motor de carro é um cinto de segurança importante ,ela é responsável pela condução da bomba de água, direção hidráulica e potencialmente, o ar condicionado.Cintos devem ser observados para rachaduras e outro desgaste; Se o desgaste pode ser visto o cinto que deve ser substituído. Cintos de serpentina a alteração pode ser um desafio, mas existem algumas dicas que podem facilitar a tarefa.Não carros usados para ter mais de um cinto?De volta ao dia, os veículos tinham cintos individuais para muitos componentes, embora cada cinto pudesse ser substituído individualmente, esses carros tendo experimentado um desempenho inconsistente ou comprometido como cintos individuais começou a se desgastar. Agora que os veículos utilizam um único cinto, a correia serpentina, que não é mais um problema, ela  é fundamental para que as inspeções periódicas sejam feitas para garantir que o cinto está em boa forma.O que acontece quando um cinto fica velho?Eles podem usar o rompimento, rachaduras ou tornar-se brilhante ou “vidrados”, e peças de borracha podem descolar o cinto.Um cinto velho também pode começar a escorregar, tornar-se contaminado com fluido ou ficar desalinhado, caso isso aconteça, ele terá de ser substituído imediatamente.Qual é a vantagem de ter um cinto substituído?A condição de um cinto desgastado é um desastre esperando para acontecer porque ele alimenta mais de todos os acessórios de um motor. Isso significa que quando ocorre sua quebra de correia, escorrega e, em última análise, se desgasta, desde a bomba de direção hidráulica para o alternador e ar condicionado, parando de funcionar.Além do mais, as partes que controla podem  tornar-se severamente danificadas, mangueiras quebradas e cintos são ruins; um motor danificado é ainda pior. Ao substituir o cinto periodicamente, você pode minimizar o risco de quebra.Arranje tempo para verificar seu cinto.Uma inspeção do veículo anual ou uma inspeção semestral durante uma troca de óleo é uma boa maneira de determinar a condição atual do seu cinto, dando-lhe uma ideia de quando ele precisa ser substituído.Quantos tipos diferentes de cintos existem?A correia serpentina é o cinto mais comum nos carros de hoje ,ela controla a funcionalidade de todos os sistemas para o seu carro.Em alternativa, o passeio pode apresentar uma série de correias, que realizam as mesmas funções para todos os fins como uma correia serpentina.Alguns veículos também pode ter uma “dentada” correia dentada no motor que é fundamental para o desempenho do motor.Este cinto pode conduzir a água, bombas de óleo e outras peças-chave.

Porque e importante fazer a manutenção no seu automóvel

A resposta é simples, para ajudar a manter seu veículo funcionando por mais tempo, e aconselhável realizar a manutenção de rotina, você vai ajudar a reposição de consequências graves que seu automóvel possa ter no futuro.

Tem que ser feita: troca de fluídos, filtros sujos, as velas velhas podem levar a problemas maiores, como arrebentar os radiadores, deslizando as mudanças de marchas e falha do motor, é por isso que a manutenção de rotina é a chave para a longevidade do automóvel.

 Manutenção você acha que pode deixar passar do tempo previsto, mas muitas vezes pode ser um carro parado no caminho.

O manual do fabricante e desenvolvido um cronograma de manutenção em torno da composição específica do seu automóvel, se os condutores seguirem as chances do seu automóvel ter um ótimo desempenho  e ajudar suas peças a durarem mais tempo e poupar algum dinheiro em peças de reposição mais caras.

Em qual prazo a manutenção de rotina deve ser realizada?

Em cada tipo de automóvel o fabricante relaciona tempo e intervalos de Km para revisão de rotina, inspeções e substituição de peças.

Alguns intervalos de revisões são mais curtos, pois exigem manutenção mais frequente, enquanto os outros intervalos de revisão são mais longos, ocorrendo uma ou duas vezes durante a vida útil do seu automóvel.

Alguns automóveis têm relógios internos que nos alertam quando precisamos fazer manutenção, vale lembrar-se de ficar atento nas luzes indicadoras do painel.

Quais são os itens de revisão mais comuns recomendadas pelos fabricantes?

Peças de rotina e inspeções de fluídos,

  • Troca do líquido de refrigeração,
  • Filtro (ar, ar da cabine, combustível) de substituição,
  • Substituição da correia dentada,
  • Troca do fluído da transmissão,
  • Vela de ignição de substituição,
  • Troca de fluídos,
  • Rotações do pneu.

Todas as revisões  e serviços de manutenção recomendados  variam de acordo com a  marca e modelo do seu automóvel,  é importante consultar o manual do proprietário para as necessidades específicas do automóvel .

Nem todos motoristas são muito atentos em seu próprio automóvel,  algumas peças só são lembradas quando indicam algum tipo de problema e necessidade de manutenção, como no caso da Correia Dentada.

Com a correia, existe um agravante, ela só sai do lugar ou arrebenta com o veículo em movimento, podendo causar paradas inesperadas, em momentos e lugares quase sempre impróprios.

Os problemas com a correia sincronizada, nome correto da peça, impedem que o motor dê a partida.

O problema é controlado com a realização de revisões  preventiva, manter o automóvel rodando com a correia arrebentada acarreta em problemas nas válvulas e nos pistões, em casos graves, danificar o cabeçote, se isso acontecer, o motor tem de ser retificado e os danos com esses problemas podem ultrapassar os dois mil reais, enquanto a troca da correia atinge cerca de 10% desse valor.

O que é a Correia Dentada?

A Correia Dentada é  a peça responsável por realizar o sincronismo do virabrequim e do comando de válvulas.

Podemos dizer que a correia dentada rege a sinfonia do motor de um carro, quando há rompimento dessa peça, se torna impossível o funcionamento do motor já que válvulas, câmaras e pistões batem em desordem.

É recomendado uma  consulta ao manual do proprietário para saber com maior precisão quando é o momento certo para a realização da troca da correia, geralmente a vida útil beira os 50 mil Km, porém, recomenda-se que seja feita uma verificação a cada 15 mil Km rodados para verificar as condições da correia dentada.

Em caso de veículos que enfrentam com frequência  áreas tomadas por terra e lamaçais, que degradam e sujam mais rapidamente a peça, diminui o tempo para essa verificação e, possivelmente, também será menor o número de Km percorridos antes da troca.

Tenha certeza de que as bordas e a parte interior da correia mantenham-se em boas condições, sem maiores desgastes ou sinais de fragmentação ou de rachaduras.

Outro ponto para ficar atento é a tensão da correia, que não pode ficar nem frouxa, nem esticada demais, mantenha o controle sobre a limpeza, evitando excesso de graxa ou óleo.

Na hora de trocar verifique, também, as polias e confira se elas não têm algum tipo de desgaste ou desalinho, o que indica a necessidade de troca delas também.

Para ficar tranquilo, realize a manutenção preventiva e a troca de correia dentada com os especialistas da Prochaskar.

Quais os malefícios quando um Motor a álcool ou gasolina trabalha acima do nível?

Como dizem tudo em excesso e prejudicial, nesse caso se o óleo estiver acima do indicado pela fábrica, acima da vareta de controle haverá aumento de pressão no cárter, com isso e possível romper alguns vedadores e retentores do motor, isso vai ocasionar alguns vazamentos e o excesso poderá forçar os anéis de vedação, que separam o óleo lubrificante da mistura ar/combustível, caso isso aconteça o motor começa a queimar óleo, sujando as válvulas e as velas, prejudicando o catalisador no sistema de descarga do veículo.

Como se verifica o óleo da direção hidráulica?

É preciso observar o nível fluido da direção hidráulica uma vez por mês, para medir é preciso abrir o reservatório e verificar por meio do medidor existente na própria tampa caso seja necessário complete com o óleo indicado pelo fabricante no manual do proprietário.

Qual o tempo ideal de se fazer limpeza no Ar Condicionado Automotivo?

O sistema do ar condicionado automotivo é aconselhável fazer uma inspeção anual, nesse serviço será verificado o filtro do ar condicionado automotivo, que retém impurezas vindas do ar externo e também pode acumular fungos se não for trocado conforme indicado pelo manual de fábrica, além de possíveis vazamentos.

O nível do gás também é verificado, se ele não estiver em ordem o condicionador não vai esfriar o ambiente.

Meu carro não é flex, e quando vou abastecer faço a mistura no tanque usando meio álcool e meio gasolina, qual e o tipo de prejuízo?

Toda mistura pode trazer malefícios, alguns até de maior risco, o problema fica ainda maior porque alguma possível alteração de desempenho ou  rendimento pode não ser percebido pelo condutor.

Ao utilizar uma parcela de gasolina no carro a álcool pode-se desencadear uma detonação prévia, devido à taxa de compressão mais elevada e a curva de ignição mais avançada do motor a álcool. Isso causa danos ao motor. Por exemplo, quando o motor começa a apresentar umas batidas secas ao imprimir aceleração em uma marcha mais longa.
Colocar álcool no veículo á gasolina para economizar na bomba de combustível pode trazer prejuízo, o  primeiro efeito negativo dessa prática é o rendimento insatisfatório do veículo.

Junto, vem à perda de potência do motor que influencia no aumento do consumo, isso vai ser um prejuízo no bolso ao final das contas. Em um estágio mais avançado acontece a corrosão do sistema de injeção eletrônica, que passa a trabalhar de maneira incorreta e logo pode sofrer uma pane. Nessa situação o valor do reparo será alto, fora o transtorno de poder ficar a pé.

O sistema de escapamento do motor a gasolina não tolera a corrosão e aí a troca deverá ser completa, incluindo abafador, catalisador e silenciador. Além disso, essa mistura eleva o nível da contaminação ambiental por gases e partículas poluentes. Se esse veículo for pego em uma inspeção não vai passar.

Hoje em dia os aditivos automotivos esta sendo mais utilizado no óleo e no combustível, ele tem a função de deixar as peças do motor limpas, quando misturado na água do radiador ele evita que a mesma ferva ou congele Aditivo para combustível ( gasolina, álcool, flex ou diesel )

Ele evita que sujeiras do combustível se acumulem no motor, o que ocasiona na perda de potencia, falhas e entupimento, além de causar um ar menos poluente.

Geralmente os veículos novos já saem com aditivo da fábrica, contando que o motor flex já vem preparado pra esse suporte, mas vale lembrar que a cada revisão o proprietário deve utilizar os aditivos de limpeza profunda, destinados a veículos que não passam por revisões periódicas.

E recomendado a troca a cada 5.000 km garantindo um bom desempenho sem sujeiras no motor e falhas mecânicas.

Aditivo no Óleo

Ele combate o acumulo de sujeira de óleo, nas partes internas do motor, auxiliando a lubrificação e diminuindo o atrito do motor.

Ele deve ser usado a cada troca de óleo, o intervalo varia de 5 a 10.000 Km ,lembrando que uma overdose de aditivos no óleo do motor é prejudicial, pois altera as especificações do fabricante, não complete o nível do óleo apenas com aditivo: o principal lubrificante do motor é o óleo, e não o aditivo.

Também não serve para motores nos quais a borra já tenha se acumulado demais, nesse caso a saída é procurar um Centro Automotivo da Prochaskar.

 Aditivo para Radiador

Ele serve para evitar que a água do radiador, que é responsável por retirar o calor do motor, congele em temperaturas muito baixas ou ferva nas altas.

Esse tipo de aditivo tem ainda propriedades anticorrosivas, impedindo que a água enferruje as partes de metal do radiador.

No caso a troca pode ser realizada a cada dois ano e para evitar dor de cabeça, convém usar o aditivo logo após a compra, depois disso, recomenda-se usá-lo uma vez por ano ou a cada 10.000 Km

A principal função da Embreagem é controlar a transmissão do movimento do motor para o câmbio, facilitando o engate das marchas.

Segue alguns cuidados para não desgastar a embreagem do seu automóvel, e não ter o seu funcionamento comprometido, além de proporcionar maior conforto e estabilidade ao condutor do carro, para que a mesma não quebre precocemente.

  • Não deixar o carro engrenado enquanto estiver parado.
  • Ao parar no sinal de trânsito, deixe o carro em ponto morto, sem apertar o pedal da embreagem.
  • Nunca descanse o pé no pedal da embreagem, essa prática afasta o platô do disco e causa o lixamento do disco, gerando esse desgaste, o motorista provoca o superaquecimento do sistema.
  • Não saia com o carro em segunda marcha, saia sempre com a primeira marcha, ao reduzir ou aumentar a velocidade, troque de marcha gradativamente, sempre em ordem e de acordo com as rotações do motor, isso fará com que as peças da embreagem trabalhem de forma suave.
  • Vale lembrar que é importante acertar a sincronia entre soltar a embreagem e acelerar o carro para arrancar, caso você acelerar demais e soltar um pouco a embreagem, acontece a chamada “queimada da embreagem”, fazendo com que o carro não desenvolva e aumente o consumo de combustível.
  • Se o carro estiver  em um local com o plano inclinado, não use a embreagem ou o acelerador para segurar o carro, utilize o freio de mão para exercer esta função.

Alinhamento é um tema muito complexo que abrange uma variedade de termos e uma miscelânea de peças, quando as rodas estão fora do alinhamento, os pneus não são apontando na direção certa,  isso vai afetar sua direção e suspensão, mas o mais importante que poderia afetar é a sua segurança e a durabilidade de seus pneus e todas as partes que controlam eles.

Como os veículos perdem seu alinhamento das rodas?

Há muitas maneiras para o seu carro perder o alinhamento, você vai estar familiarizado com algumas causa, o alinhamento das rodas pode ser danificado por:

  • Buracos
  • Bater o meio-fio
  • Batendo em vagas de estacionamento de concreto
  • Desgaste natural, como veículos de idade, componentes de borracha começam rachaduras ou perdem sua elasticidade, articulações e desenvolvem frouxidão.

Ângulos de alinhamento são medidos em décimos e centésimos de graus ou polegadas, com o tempo, um pequeno desalinhamento pode causar uma série de desgaste dos pneus irregular ou prematuro.

O que acontece se eu não mantenho as rodas alinhadas?

O que acabará por acontecer é que você vai desperdiçar dinheiro pelo ralo com os pneus, porque, com o alinhamento incorreto, os pneus se desgastam muito mais rápido, simples como isso, é você verá provavelmente que algo está errado quando você está dirigindo, seu veículo provavelmente não irá lidar com tão bem quanto deveria e nos casos mais extremos, você pode ter um tempo muito difícil para manter o controle de seu passeio completo.

Quantas vezes tenho que ter o meu alinhamento verificado?

É recomendável uma verificação de alinhamento com todos os outros itens, inclusive a  troca de óleo, muita coisa acontece ao longo de 6.000 milhas, se você dirige através de buracos, viajar até trechos de estrada gravemente, ou pior, bater suas rodas no meio-fio ao fazer uma curva, todas essas coisas podem afetar a forma como os pneus vão se sentar, jogando fora de alinhamento em um instante.

Os veículos têm diferentes tipos de especificações de alinhamento?

Cada modelo que sai da linha de montagem tem especificações de alinhamento únicas. Especificações de alinhamento são determinadas pelo fabricante do veículo para cada marca e modelo. O tamanho, comprimento, peso e uso pretendido para o veículo, todos desempenham um papel na determinação dos ângulos de alinhamento corretas.

Antes prevenir do que remediar, nessas condições devemos procurar bons centros automotivos para prevenção de defeitos em nossos veículos, para uma boa segurança e economia.

Pneus: Temos que verificar a calibragem dos pneus, deve ser semanal, os produtos utilizados no pneu, como o pretinho pra dar brilho deteriora a carcaça do pneu, isso é fruto da reação química do produto com a borracha, a forma mais preventiva e lavar os pneus com água, detergente ou sabão neutro.

Suspensão: Evite passar por buracos ou depreciações que causem danos na suspensão, evite frear de maneira brusca sem diminuir a velocidade.

Freios Não se deve descansar o pé esquerdo no freio ,isso ajuda  prolongar a vida do sistema, o melhor e reduzir a marcha do veículo e sempre andar com o carro engatado em descidas.

Óleo do motor: Devemos manter a troca de óleo de acordo com as regras do manual do veiculo junto com a troca do filtro do óleo, se ocorrer da luz do óleo se acenda no painel pare o veículo imediatamente e desligue o motor.

Radiador: Verificar se a água está de acordo com o nível indicado, sempre colocar quando o carro estiver frio, ou podemos utilizar aditivos que limpam o sistema de arrefecimento, eliminando resíduos indesejados. Principalmente antes de uma viagem procure uma das lojas da Prochaskar, para realizar a manutenção de seu carro, revisando alguns itens pode significar uma melhor utilização do veículo sem surpresas, garantindo segurança e economia.

Todos nos condutores de veículos devemos ficar atentos com a troca de óleo do motor, mas vale lembrar que precisamos também precisamos substituir o óleo da caixa de cambio e da direção hidráulica.

Devemos ficar atentos nos prazos limites para troca e procurar um bom Centro Automotivo, geralmente vem especificado no manual e é indicado que seja trocado em media de 10.000 km ou 06 meses conforme a marca do veículo basta verificar o modelo do óleo indicado pela montadora, o prazo e a quantidade.

E aconselhável procurar uma boa empresa e conversar com um especialista para ver a situação do seu veículo.

A maioria dos automóveis traz no manual de proprietário os prazos, o do motor e indicada a troca em média entre 10 quilômetros ou seis meses (conforme a marca), e indicado seguir à risca o modelo de óleo indicado pela montadora, à quantidade de litros e o prazo.

Outra informação importante é não considerar a cor do óleo de motor como fator de troca, observa o consultor técnico da Prochaskar.

Essa  prática é comum no ramo automotivo indicar a troca aos consumidores quando o óleo se encontra muito escuro, porém, o fato do óleo estar escuro indica que ele é eficaz na limpeza do sistema, e não que se encontra em más condições de uso.

Caixa

O óleo da caixa de câmbio que fica entre as engrenagens tem uma maior durabilidade, as montadoras recomendam em media a troca a cada 50 mil Km, após três anos de uso, geralmente não costuma baixar o nível, há não ser que ocorra vazamentos.

O óleo é diferente do de motor, sendo mais espessa, a troca é necessária porque o lubrificante antigo com o passar do tempo perde viscosidade e pode provocar ruídos e desgaste acentuado nas engrenagens da caixa.

Direção hidráulica

O óleo da caixa de direção hidráulica tem uma maior durabilidade que a do óleo do motor, o prazo recomendado para o lubrificante da direção hidráulica, diferencia de marca para marca de automóvel, em media varia de 35 a 50 mil Km, já o fluido que ultrapassa a data de validade pode ocasionar um desgaste da caixa de câmbio com grandes chances de se quebrar uma peça.

Igualmente como o óleo do motor, o reservatório da direção hidráulica (fica próximo ao motor) tem nível máximo e mínimo, observar para manter sempre no nível, abaixo ou acima do nível pode prejudicar o sistema e deixar o volante pesado.